evite comprar aparelhos muito antigos

Como fazer para vender um celular usado? Dicas para vender aparelhos de segunda mão mais rápido

Muitas pessoas que desejam trocar de celular optam por vender um celular usado para comprar um novo. Com isso, fica mais fácil conseguir pelo menos uma parte do dinheiro para adquirir o smartphone de modelo mais atual. Mas o que muitas pessoas ainda têm dúvidas é como vender um celular usado mais rápido e fácil.

Para se ter uma ideia de como esse mercado cresce cada dia mais, atualmente existem sites que se especializaram na venda de celulares usados. Isso não facilita somente para quem deseja vender, mas também para quem quer comprar.

Para lhe auxiliar a vender o seu modelo usado, separamos um post com dicas que facilitarão o processo. Confira a seguir!

Como fazer para vender um celular usado?

Faça anúncios em sites especializados

Enquanto existem sites especializados apenas na venda de celulares usados, ainda é possível fazer anúncios em Marketplaces como o Mercado Livre, ou sites de desapego como OLX e Enjoei.

Para vender em sites especializados, normalmente você precisará fazer um cadastro informando os dados do aparelho para que os responsáveis façam uma avaliação. Nessa etapa é muito importante ser o mais claro e honesto possível sobre a condição do seu celular, desde arranhões, problemas com a bateria, tela e estado de conservação geral.

faça anúncios em sites especializados em vendas de aparelhos usados
faça anúncios em sites especializados em vendas de aparelhos usados

Por meio dessa avaliação do estado do seu aparelho, o site fará uma sugestão de valor de venda. Caso você aceite, ele será negociado e enviado pelo correio para que a empresa possa avaliar pessoalmente o celular.

É então que a empresa fará a venda para o público, e anunciará com o valor de venda que for mais conveniente.

Já nos casos de sites como Mercado Livre, OLX e Enjoei, você é responsável por tirar fotos do aparelho e colocar no anúncio, e também poderá escolher o valor de venda para o público.

Nesse caso você também precisa ser honesto quanto a situação do seu celular, deixando sempre claro quaisquer problemas que ele possa apresentar.

Esteja sempre de olho na desvalorização

Quanto mais antigo for o seu modelo de celular, mais desvalorizado ele tende a ficar, além de ser normal que algumas marcas desvalorizem mais do que outras.

A Receita Federal estabelece que a vida útil de um aparelho celular seja de, no máximo, 5 anos, considerando uma depreciação de 10% ao ano. Mas na prática a história é diferente: a estimativa é que um celular perca pelo menos 40% do valor já no primeiro ano de uso.

Essa depreciação elevada acontece em virtude dos novos lançamentos do mercado, fazendo com que os preços de modelos antigos caiam até mesmo na loja, o que consequentemente fará com que os usados desvalorizem ainda mais.

O BankMyCell realizou uma pesquisa de depreciação de celulares, e descobriu que aparelhos Android desvalorizam quase o dobro do que os iPhones em apenas um ano de uso. A média é que um celular com sistema Android top de linha perca 45% do seu valor depois de um ano, enquanto o sistema iOS perca apenas 23%.

Faça uma pesquisa de preços de mercado

Sempre que você for pesquisar o preço praticado no mercado para aquele modelo, é necessário levar em consideração o estado atual do aparelho. Um aparelho bem cuidado que não apresenta arranhões ou rachaduras na tela e com bateria em perfeito estado com certeza valerá mais do que um aparelho em más condições de uso, assim como os acessórios que o acompanham também impactam diretamente nesse valor.

Afinal, de nada adianta o preço de mercado do modelo ser alto se o seu celular já não tem mais o carregador ou fones de ouvido originais, ou conta com uma bateria danificada e arranhões na tela, por exemplo.

Para que você tenha uma ideia melhor do preço de venda de aparelhos de segunda mão, uma dica é usar os sites que vendem celulares usados para ter uma média de valor, já que nesses sites também são indicados os problemas que o aparelho possui. Dessa forma, mesmo que o modelo não seja o mesmo que o seu, fica mais fácil ter uma ideia de quanto ele desvaloriza de acordo com cada defeito.

Faça uma restauração no seu celular

Antes de vender um celular usado, você deve salvar todos os seus arquivos pessoais e restaurar o aparelho como se fosse novo de fábrica. Assim, você apagará todas suas fotos e aplicativos, e não precisará se preocupar em coletar dados importantes um a um.

Todo aparelho conta com um passo a passo de fábrica de como fazer a restauração, e caso você tenha perdido o manual é fácil encontrar o passo a passo completo na internet.

Guarde as notas fiscais

O ideal na hora de vender um celular usado é que ele esteja com a nota fiscal de compra, caixa do aparelho e acessórios originais. Isso fará com que sua venda tenha mais credibilidade, já que muitas pessoas não aceitam aparelhos que não tenham a nota fiscal por ser um grande indicativo de que o celular possa ser fruto de um roubo, por exemplo.

guarde sempre as notas fiscais e caixas do seus smartphones para quando for vendê-los, poder agregar valor ao produto
guarde sempre as notas fiscais e caixas do seus smartphones para quando for vendê-los, poder agregar valor ao produto

Caso não tenha a nota fiscal, você pode apresentar um comprovante como parcelas de carnês ou até mesmo no cartão de crédito, provando que o celular foi comprado novo por você.

Agora que você viu como fazer para vender um celular usado, siga nossas dicas para conseguir um bom dinheiro com seu aparelho usado caso você tenha em mente adquirir um modelo novo. Outra dica é guardar a nota fiscal e ter o máximo de cuidado possível com os seus próximos aparelhos, assim, quando for revendê-lo depois de alguns anos, ele terá um valor mais alto por estar em boas condições.