Atualização de software da Samsung traz de volta o bug da tela verde

Atualização de software da Samsung traz de volta o bug da tela verde, confira nosso blog e entenda mais sobre o problema, vamos lá?

Alguns modelos de smartphones e tablets da Samsung voltaram a apresentar o bug da tela verde após a última atualização do Android. O problema parece não possuir relação com a tela, mas sim com o software, e acontece quando o brilho é reduzido abaixo de 30% de luminosidade. Foi relatado que o defeito também ocorre em casos de superaquecimento do dispositivo e quando a bateria chega a 5%.

imagem: reprodução canal tech

O que acontece durante o bug da tela verde

De acordo com os donos de aparelhos afetados, a falha começa após a atualização para o Android 10, listras e tons de verde aparecem na tela, em alguns casos o problema evoluiu até torná-lo inutilizável.

Foram descritos alguns procedimentos que corrigem o defeito. Entre eles, reiniciar, ou apenas bloquear e desbloquear o smartphone ou tablet, contudo, apenas momentaneamente. Alguns clientes comentaram que com o passar do tempo os tons de verde se intensificaram. Como resultado, alguns usuários precisaram realizar uma restauração às configurações de fábrica para voltarem a usar o aparelho. Mesmo assim, em alguns casos, o problema persistiu.

Quando começou o bug da tela verde

Desde março, o bug tem causado frustração aos usuários. Inicialmente as falhas apareceram nos telefones Galaxy S20 e S20 Ultra, dias após o lançamento dos modelos. A Samsung logo corrigiu o problema com uma simples atualização de software.

Mais recentemente, o problema apareceu em outros telefones e tablets da Samsung. A lista inclui smartphones da linha Galaxy S7, Galaxy Note 8, Galaxy Note 9, os aparelhos da série Galaxy S9, Galaxy S10 Lite, e o Galaxy Note 10 Lite. Alguns modelos de tablets também foram afetados, como o Tab S7 e S7+.

Possíveis causas do problema

No Samsung Galaxy S20, a falha parecia estar na incompatibilidade de alguns aplicativos com a frequência de tela de 120Hz. No entanto, as linhas S7, S8 e S9 trazem por padrão a taxa de atualização de 60Hz, o que causa incerteza na relação entre bug e frequência de atualização da tela dos aparelhos. Além disso, muitos usuários afirmam que o problema ocorre independentemente de quais aplicativos estejam abertos.

O bug da tela verde pode estar relacionado à compatibilidade dos aplicativos com o processador Exynos, da própria Samsung. Entretanto, a tela esverdeada também foi relatada em aparelhos da linha S9, que utilizam o processador Snapdragon.

O que a Samsung tem a dizer

O site de suporte à comunidade da Samsung está repleto de reclamações sobre o problema, que chegam do mundo inteiro. Consumidores nos Estados Unidos, Europa e Índia têm exposto seus casos e o debate sobre as possíveis causas do bug continua, ainda sem uma explicação conclusiva.

Membros do suporte da Samsung responderam à algumas postagens com procedimentos para resolverem a questão. Em uma das respostas, lê-se que bastava o usuário entrar no modo de segurança do aparelho e reiniciá-lo para sanar o incômodo. As contestações acerca das resoluções momentâneas para o erro seguiram.

No YouTube existem centenas de vídeos que mostram a falha, e como realizar as operações para que o aparelho volte a funcionar normalmente. Todavia, quando o brilho do aparelho foi colocado abaixo dos 30% o bug volta a acontecer.

A única certeza referente ao bug é que não há relação direta com a tela dos aparelhos, mas provavelmente com as atualizações de software lançadas pela Samsung.

Você foi afetado pelo bug da tela verde em um aparelho Samsung? Escreva seus comentários abaixo.

Deixe uma resposta